EspeciaisÚltimas Matérias

Aumenta o número de acidentes domésticos com crianças

O ortopedista pediátrico Gilberto Waisberg: “é importante que os pais deem maior atenção a seus filhos e procurem adaptar a casa à elas”

De acordo com o Dr. Gilberto Waisberg – presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica-SBOP e Chefe do Grupo de Ortopedia Pediátrica da Faculdade de Medicina do ABC, os acidentes domésticos aumentaram durante o período de pandemia. Apesar de não haver ainda estudos comparativos entre o número de acidentes domésticos em crianças antes e durante este momento, “os acidentes relacionados a traumas nos dedos das mãos e dos pés têm sido os mais registrados, causados por quedas de móveis e eletrodomésticos, ou lesões devido a brincadeiras como, por exemplo, corridas. Como esta situação é nova, acredito que em breve teremos algumas publicações a respeito”.

Segundo informa, o aumento das atividades e do tempo de permanência dentro de casa têm sido as principais causas destes acidentes. Em momentos como este, tão difíceis para todos, principalmente para as crianças, é importante que os pais deem maior atenção a seus filhos e procurem adaptar a casa à elas, de forma a oferecer mais segurança a seus filhos.

Ele orienta aos pais como devem proceder em casos de acidentes domésticos. Segundo ele, o ideal seria procurar um serviço onde não tenha contato com pacientes Covid.  “Como já disse, os traumas mais comuns são aqueles causados por quedas de móveis ou eletrodomésticos sobre os pés e mãos das crianças, ou trauma direto durante corridas.  Neste sentido, o Dr. Gilberto Waisberg destaca a importância dos pais estarem mais presentes com seus filhos e terem maior controle parental. “São tempos mais difíceis e as crianças continuam a ser crianças. Nós teremos que nos adaptar”, conclui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo