Em FocoÚltimas Matérias

Em Sabará/Minas Gerais, o Hospital “Cristiano Machado” permanece fechado desde dezembro de 2020

         O Dr. Alcino Lázaro da Silva, “Nós da FUPEC estamos na campanha em favor do Hospital Cristiano Machado, para a reabertura das internações e do bloco cirúrgico”

No final de 2020 o repasse de recursos que garantia o funcionamento do Hospital Cristiano Machado  (HCM), localizado em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), foi interrompido. A instituição que era mantida por meio de convênio entre a Fundação de Pesquisa e Ensino em Cirurgia (FUPEC) e a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (FHEMIG), com profissionais das duas instituições, chegou a realizar mais de 100 cirurgias mensais, de média e pequena complexidade, o que aliviava o fluxo de pacientes atendidos na capital.

À frente desse projeto, o presidente da FUPEC, Alcino Lázaro da Silva, Professor Emérito da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais e membro titular das Academias Estadual e Nacional de Medicina, não mede esforços na busca de solução para a reabertura do serviço que, prestava atendimento cirúrgico para a população mais carente de Sabará e de cidades do entorno. Outra perda foi o cancelamento do Programa de Residência Médica em Cirurgia Geral credenciada pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), com formação de profissionais médicos de qualidade que acontecia na instituição.

A desativação progressiva causou para a população prejuízos material, social e psíquico muito grande pela perda da possibilidade de tratamento médico na própria cidade, sem necessidade de deslocamento pessoal e familiar. “-Nós da FUPEC estamos na campanha em favor do Hospital Cristiano Machado, para a reabertura das internações e do bloco cirúrgico. Temos um projeto arquitetônico pronto para a instalação de um CTI, o que aumentaria a nossa capacidade de atendimento”, declara o presidente. Para defender essa causa, o médico que coleciona 61 anos de docência na Medicina tem feito contatos variados com representantes do governo estadual, nas esferas municipal, estadual e federal e parcerias que, porventura, possam se interessar pelo projeto.

No final de 2020, após a interrupção do convênio, o vice-governador do Estado, Paulo Brant, visitou o local, o que deixou todo o corpo clínico e administrativo feliz e esperançoso. E, como ele, outras autoridades já receberam o mesmo convite, segundo Alcino Lázaro da Silva. “Temos interesse, inclusive, em fazer convênios com municípios da região, visto que o hospital também recebe pacientes de outras cidades além de Sabará”, adiantou.

Redes sociais

Em 2020, a página da FHEMIG no Facebook publicou o seguinte texto: “O Hospital Cristiano Machado, em Sabará, foi inaugurado em 1944 com o nome de Sanatório “Roça Grande”, para cuidar dos pacientes hansenianos. Com os anos vieram as mudanças nos perfis assistenciais, mas a vocação humanitária, focada na reabilitação, permaneceu na unidade. Hoje, o HCM é parte do Complexo de Reabilitação e Cuidados Integrados, atuando como retaguarda do Hospital João XXIII para casos crônicos neurológicos e ortopédicos que necessitam de internações de longa permanência. Parabéns a toda equipe do HCM!!!, que demonstra a importância da instituição para a saúde da população mineira”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo