AtualidadesÚltimas Matérias

Como superar o medo da anestesia geral ao se submeter a um procedimento cirúrgico?

Especialista garante que o procedimento é extremamente seguro e com baixíssimos riscos de complicações

Um dos medos mais comuns em pacientes que desejam realizar uma cirurgia é em relação à anestesia geral. Porém, não existe necessidade alguma em cultivar esse medo. Pelo menos, é o que garante o cirurgião plástico Pedro Lozano, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, de Santo André/SP.

Segundo ele, os mitos envolvendo a anestesia geral causam um pânico desnecessário, uma vez que é um procedimento médico extremamente seguro e realizado com muita frequência. “As complicações envolvendo a anestesia geral são muito raras e, quando acontecem, estão relacionadas a condições físicas graves do próprio paciente, como problemas cardíacos ou renais avançados”, afirma, observando que, mesmo com essas condições, diversos exames pré-cirúrgicos são solicitados para monitorar todos os aspectos de saúde, que precisam estar em dia, para uma cirurgia de sucesso. “Caso a pessoa apresente alguma alteração, o médico solicitará o tratamento antes de qualquer intervenção”, explica Lozano. 

Conforme explica Dr. Pedro Lozano, o anestesista responsável por administrar a dose da medicação permanece na sala de cirurgia o tempo inteiro ao lado paciente, assegurando toda segurança e conforto durante o procedimento, e monitorando seus sinais vitais de forma a evitar possíveis complicações”.

Não existe, assim, motivo de preocupação, acrescenta. A anestesia geral é extremamente importante porque, ao inibir a dor e bloquear estímulos nervosos, tanto o médico quanto o paciente desfrutam de maior conforto e segurança durante o procedimento. “Costumo dizer que é como um sono profundo e rápido, mesmo que a cirurgia tenha levado várias horas”, ressalta Lozano. 

De todo jeito, caso o paciente esteja com muito medo do procedimento, o recomendado é conversar com o cirurgião responsável para esclarecer todas suas dúvidas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo