CampanhasÚltimas Matérias

Outubro Rosa Agora. Por que a Dasa antecipou para agosto a campanha de prevenção ao câncer de mama?

Ações digitais e presenciais em três capitais brasileiras – São Paulo, Rio e Brasília – além da doação de 3,6 mil mamografias, lembram às mulheres que os exames preventivos não podem esperar e salvam vidas o ano todo

Dasa, maior rede de saúde integrada do Brasil, antecipou para agosto o movimento de conscientização Outubro Rosa para o controle do câncer de mama. Com o apoio das ONGs Américas AmigasMarque Esse Gol e Horas da Vida, a campanha #OutubroRosaAgora abre diálogo com as pessoas sobre a importância de uma rotina de cuidado que pode salvar vidas, mas que acabou ficando de lado durante a pandemia: a realização de consultas médicas e exames preventivos. 

Veiculada por meio de ações digitais, presenciais e ativações em mídias out-of-home (OOH) nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, a campanha é uma cocriação entre Dasa e a agência CP+B Brasil. Além disso, durante a campanha serão doadas 3,6 mil mamografias – mais de 80% em relação ao ano passado – para mulheres atendidas pelas ONGs Américas Amigas e Marque Esse Gol, seguida de consulta com médicos da organização Horas da Vida, que encaminharão as pacientes para seguirem o tratamento via SUS, se necessário.  

“’Antecipar’ o começo do Outubro Rosa é relembrar a população, principalmente as mulheres, de que a prevenção deve ser priorizada sempre, o ano todo, todos os anos. Esses meses em que estamos atravessando a pandemia fizeram com que a população mirasse nos cuidados necessários para o combate à Covid-19, deixando para depois outros exames importantíssimos”, explica Allan Macintyre, Diretor de Marketing da Dasa

Estima-se que a queda na realização de mamografias com a finalidade de rastreamento no SUS foi de 45%, na comparação entre abril de 2019 e de 2021. Já as mamografias para fins de diagnóstico tiveram uma queda de 28% no mesmo período1. 

“Dentro da rede Dasa, identificamos 2,8 milhões de mulheres que têm idade e indicação clínica para realização de um exame de mamografia com o objetivo de prevenção e diagnóstico do câncer de mama e não o realizaram nos últimos 12 meses. Por isso, com o propósito de ‘ser a saúde que as pessoas desejam e que o mundo precisa’, entramos com uma campanha aparentemente desencaixada do tempo. Não se pode perder o hábito de acompanhar a saúde. O cuidado tem pressa”, complementa Macintyre. 

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o combate ao câncer de mama que foi criado na década de 1990. Trata-se de um dos momentos mais relevantes do ano em relação aos cuidados da saúde da mulher. O cenário de 2021, porém, mostra que as brasileiras diminuíram a realização de exames preventivos desde o início da pandemia. 

Campanha em três fases 

Dividida em três etapas, a campanha contou com um teaser entre os dias 24 e 26 de agosto. Na primeira etapa, pensada para lembrar o público que saúde e prevenção não podem esperar, os relógios de rua, abrigos de ônibus e os painéis de LED em shoppings de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília comunicaram que o Outubro Rosa é agora. As peças têm a assinatura das marcas que fazem parte do portfólio de marcas da companhia, como Alta Diagnósticos, Exame Imagem & Laboratório, Salomão Zoppi e Hospitais Nove de Julho e São Lucas, entre outras. 

A segunda fase da campanha, que começou no dia 27, revela o mote principal da hashtag #OutubroRosaAgora. Nas redes sociais, a Dasa terá, pela primeira vez, ativações no TikTok e no Pinterest, em uma estratégia que contempla, também, mídia e conteúdo para YouTube, Instagram, Facebook e Twitter.  A partir desta etapa, as mais de 900 unidades de medicina diagnóstica e hospitais da Dasa convidarão as pacientes a realizar o exame preventivo. Usando data intelligence, a rede vai identificar mulheres que atrasaram a realização dos exames de acompanhamento anual e as convidará para retomarem a rotina preventiva. 

“Esta campanha é um exemplo de ideia que está 100% conectada à mensagem principal: antecipar o diagnóstico pode salvar vidas”, afirma Rafael Borges, diretor de criação responsável pela #OutubroRosaAgora na CP+B Brasil. “Por isso a Dasa, além de veicular a campanha no universo digital e nas ruas das cidades para atrair a atenção do público, se uniu a um time de influenciadoras para falar sobre o Outubro Rosa em diversos canais e conscientizar as mulheres sobre a importância de antecipar os exames.” 

Em outubro, a hashtag #OutubroRosaAgora será substituída pela #OutubroRosaSempre, que destacará a importância de realizar o acompanhamento médico periodicamente.  

Mais informações:  http://radardocancer.org.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo