Estante de livrosÚltimas Matérias

A arte de ser infeliz

Como assim, um livro com este título, “A arte de ser infeliz – desarmando armadilhas emocionais”? O título é para “cutucar” o leitor e o subtítulo, dá um alento, pois mostra caminhos para tentar fazer a vida mais interessante e agradável.

O ser humano é muito competente para se atrapalhar com a vida emocional. Uma vez preso nestas armadilhas, tende a permanecer neste estágio de atrapalhação, sofrendo e trazendo confusões aos que o cercam. Não me refiro a pessoas com doença psiquiátrica que precisam tomar remédios. Foco em pessoas que aparentemente são bem-sucedidas e com sucesso na vida. Quando nos desenvolvemos intelectual, cultural, profissional e economicamente, não significa que a saúde mental vem a reboque, destaca o autor Nelio Tombini – psiquiatra/psicoterapeuta.

O livro contempla 50 capítulos, onde ele relata dificuldades de fundo psicológico e os prejuízos que causam as pessoas no dia a dia. “Ao mesmo tempo, tento desvendar para o leigo o que se esconde nos porões do inconsciente que causam estes estragos. Todos querem ser felizes, e, atualmente, as mídias sociais vendem esta ideia que a felicidade está ao alcance de um click no teclado do celular ou do computador”.

Evidentemente, que a construção de uma vida mais prazerosa, passará por muitos fatores, desde uma infância razoável, de um trabalho satisfatório, de relações afetivas consistentes, de amizades confiáveis, de uma situação financeira digna etc.”, destaca Trombini. Nesse sentido, “desejo transferir conhecimentos e ferramentas que colhi nestes 49 anos de profissão, trabalhando com psicoterapia de grupo aos pacientes SUS da Santa Casa de Porto Alegre, com psicoterapias de casal, criando a PSICOBREVE, clínica voltada às psicoterapias breve, trabalhando em comunidades carentes e clínica privada. Atualmente com novo espaço que se abriu, realizando psicoterapias online”.

Serviço:

Autor: Nelio Tombini – psiquiatra/psicoterapeuta

Vendas: Amazon e livrarias do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo