DestaquesÚltimas Matérias

Fundação BB e Einstein juntos para levar acesso à saúde de qualidade: Telemedicina chegará a quem mais precisa!

O presidente do Banco do Brasil e do Conselho Curador da Fundação BB, Fausto Ribeiro: ‘em meio a tantos desafios temos também a oportunidade de valorização de vidas e transformação de realidades”

No mesmo dia em que o Conselho Federal de Medicina regulamentou a telemedicina no Brasil, a Fundação BB e a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein formalizaram parceria para promover a saúde em locais desassistidos. A iniciativa contempla apoio a um projeto de Centro de Telemedicina para capacitação e aprimoramento de equipes de atenção primária para atendimento ambulatorial especializado por telemedicina em comunidades remotas e com limitação de acesso a serviço público de saúde. As localidades beneficiadas com o projeto estão sendo definidas pelas organizações.

Além de proporcionar a infraestrutura para a realização de consultas virtuais com a participação de especialistas do Hospital Israelita Albert Einstein, o projeto prevê a capacitação de agentes de saúde locais em atendimento ambulatorial especializado em telemedicina pelas equipes médicas do Einstein. Também serão capacitadas equipes de TI locais para atuação na infraestrutura de telemedicina.

A parceria foi assinada no Encontro de Investidores Sociais 2022, realizado pela Fundação BB, Banco do Brasil e parceiros com o propósito de compartilhar experiências e conhecimentos em ações de grande impacto social. 

Segundo Eliézer Silva, Diretor Superintendente de Medicina Diagnóstica e Ambulatorial do Einstein, por meio da tecnologia para atendimento remoto, é possível solucionar desafios logísticos e operacionais do sistema de saúde, levando acesso à população e promovendo uma assistência mais equânime. “A prática da telemedicina traz impactos diretos na redução de custos com o sistema, além de levar qualidade da saúde a um maior número de pessoas por que não enfrenta barreiras logísticas”, diz Eliézer Silva.

Para Fausto Ribeiro, presidente do Banco do Brasil e do Conselho Curador da Fundação BB, em meio a tantos desafios temos também a oportunidade de valorização de vidas e transformação de realidades. Fausto destaca a importância de estimular o diálogo entre o setor público e privado para a atuação conjunta em favor dos mais vulneráveis. A construção da parceria entre a Fundação BB e o Einstein para levar saúde por meio da telemedicina a quem mais precisa é um exemplo disso, conclui.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo