Veja também

Congresso da SOCESP: sucesso em participação!

O evento teve cerca de 7 mil participantes e contou com mais de uma dezena de palestrantes internacionais e cerca de 300 conferencistas brasileiros, em 80 sessões científicas que apresentaram as novidades da cardiologia e áreas da saúde relacionadas

 

              O 41º Congresso Virtual da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP) terminou no sábado passado (12 de junho) com números expressivos. Foram cerca de sete mil participantes que assistiram as 80 sessões científicas apresentadas por mais de uma dezena de conferencistas internacionais e 280 palestrantes brasileiros, durante três dias. O evento contou com um simpósio conjunto com o American College of Cardiology, que abordou a doença cardiovascular nas mulheres. A presidente do ACC, Dipti Itchhaporia, assim como Eric Topol, John Mc Murray, Martin Leon, Peter Libby, Roxana Mehran, Rachel Bond, entre outros, foram algumas das lideranças internacionais da cardiologia, que passaram pelo Congresso.

            O presidente da SOCESP, João Fernando Monteiro Ferreira, encerrou o evento destacando e agradecendo a dedicação do presidente do 41º Congresso, Alexandre Abizaid, e dos integrantes da Comissão Científica, Andrei Carvalho Sposito e Felix José Alvarez Ramires. “Eu não conheço nenhuma comissão científica que, em um ano, teve que construir quatro programações completamente diferentes. E tenho certeza de que foram brilhantes. Fica aqui o meu aplauso para vocês”, se referindo a pandemia que alterou os planos da equipe dois anos seguidos. Felix Ramires ressaltou que o evento foi acessado dentro e fora do Brasil. “O Congresso da SOCESP é imbatível”. Também foi anunciado que o 42º Congresso da SOCESP, em junho de 2022, será presidido por Walter Gomes.

                        O encerramento contou com o anúncio dos premiados dos Temas Livres. O coordenador Miguel Antonio Moretti, apresentou os três colocados em cada uma das categorias:

Mérito interdisciplinar: o trabalho vencedor foi “Influência da suplementação de probiótico no perfil inflamatório de pacientes com insuficiência cardíaca – Estudo PROBHF: ensaio clínico, randomizado, duplo-cego, placebo-controlado”; Melhor pesquisa básica: “Desbalanço da relação ECA/ECA2 em pulmões de ratos hipertensos: possíveis implicações para a pandemia da COVID-19”; Jovem investigador: “Impacto da COVID nas cirurgias de trocas valvares no Brasil”; e Melhor pesquisa clínica: “Associação de Strain Miocárdico com Ressonância Magnética Cardíaca e Eventos Clínicos em Pacientes com Miopericardite Aguda”.

O 41º Congresso Virtual teve ainda com uma série de palestras dos departamentos associados à SOCESP. A grade científica dos Departamentos foi coordenada por Otávio Coelho Filho e contemplou as seguintes áreas associadas à Cardiologia: Educação Física, Enfermagem, Farmacologia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo