Em FocoÚltimas Matérias

Hospital Albert Einstein se associa ao Instituto Ética Saúde

Dr. Sidney Klajner – Presidente do Hospital Israelita Albert Einstein e Gláucio Pegurin Libório – Presidente do Conselho de Administração do Instituto Ética Saúde.

O Hospital Israelita Albert Einstein é o primeiro hospital a se associar ao Instituto Ética Saúde, que tem como objetivo principal a autorregulação voltada para o fortalecimento de um ambiente de negócios ético e transparente no setor da saúde. Atualmente o IES conta com 257 associados e entidades de classe que fazem parte do Conselho Consultivo, entre elas, a Associação Nacional dos Hospitais Privados – Anahp – e a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo – FEHOSP.

“Como um hospital de vanguarda, o Einstein está se unindo ao Instituto para participar, mais ativamente, desse movimento que é o combate à corrupção na área da saúde, no Brasil. Uma instituição que já tem um importante programa de compliance, com certeza trará contribuições valiosas. Por outro lado, é o reconhecimento do trabalho sério que estamos fazendo há anos”, afirma o presidente do Conselho Administrativo do Instituto Ética Saúde, Gláucio Pegurin Libório.

Com mais de 60 anos de existência, o Hospital Israelita Albert Einstein é considerado um dos principais hospitais privados do Brasil, com certificações internacionais pela eficiência e qualidade no atendimento. Entre os objetivos do Programa de Ética e Compliance do hospital estão: ser diligente e vigilante no resguardo ao cumprimento da lei, dos valores organizacionais e dos mais altos padrões éticos; garantir um bom ambiente de controles internos e uma gestão adequada dos riscos; e reforçar o compromisso institucional com a responsabilidade social e com o desenvolvimento sustentável.

O presidente do Instituto Ética Saúde reafirma a importância de que todos os agentes do setor – fabricantes, distribuidores, hospitais, médicos e planos de saúde – trilhem juntos o caminho para um mercado mais saudável e que garanta a segurança dos pacientes. “Outros hospitais estão em contato conosco e em breve farão parte do Instituto”, conta Libório.  

Sobre o Ética Saúde
O Instituto Ética Saúde busca garantir a segurança do paciente e a sustentabilidade do sistema de saúde por meio de uma conduta ética entre os atores em um ambiente de concorrência justa e transparente. Os objetivos consentidos do Instituto Ética Saúde incluem evitar incentivos ilegais ou antiéticos para agentes públicos e privados, prática de atos médicos ilegais ou antiéticos, evasões fiscais, irregularidades regulatórias, concorrência desleal, violação de direitos do consumidor e falsificação.

Este arcabouço será fiscalizado por meio de denúncias anônimas ou identificadas, com apuração justa e realização de um cadastro público positivo, para revelar à sociedade quais empresas atuam efetivamente de forma ética. O Canal de Denúncias é o www.eticasaude.com.br ou o 0800-741-0015. O Instituto Ética Saúde tem a governança formada por uma Assembleia Geral, onde fazem parte todos os associados; um Conselho de Administração, com mandato de dois anos e eleito pela Assembleia Geral; um Conselho Consultivo com representantes de entidades de todos os segmentos do setor de saúde; e o Conselho de Ética, órgão de caráter disciplinar formado por três integrantes, sem qualquer vínculo com o setor de saúde que emite instruções normativas orientativas para o setor e julga eventuais condutas contrárias aos princípios do Ética Saúde.

São atualmente integrantes do Conselho de Ética: o subprocurador Geral da República, Antônio Fonseca, o presidente do Fórum Nacional Contra Pirataria, Edson Luiz Vismona e o professor da Universidade de São Paulo, Celso de Hildebrand e Grisi. E do Conselho Consultivo: além do Ethos e ABRAIDI, a Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde – ABIIS, Associação Brasileira de Auditores em Saúde – AUDIF, Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde – ABIMED, Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo – FEHOSP, Associação Nacional de Hospitais Privados – ANAHP, Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios – ABIMO, Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista – SBHCI, Associação Médica Brasileira – AMB, Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular – SBCCV e Sociedade Brasileira de Cardiologia – SBC.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo