Em FocoÚltimas Matérias

Minas Gerais |Belo Horizonte: começa nesta quarta-feira, 26 de maio, curso inédito em Cirurgia Minimamente Invasiva e Imersão em Artroplastia do Tornozelo

Ele será ministrado pelos irmãos Daniel e Tiago Baumfeld, através de peças cadavéricas.

         Os médicos ortopedistas Daniel Baumfeld e Tiago Baumfeld, especialistas em medicina e cirurgia do pé e do tornozelo, estão entre os ministrantes dos cursos Cirurgia Minimamente Invasiva e Imersão em Artroplastia do Tornozelo que acontecem esta semana em Belo Horizonte, de 26 a 29 de maio, tendo como público-alvo médicos ortopedistas de todo o Brasil especializados em pé e tornozelo. Com uma metodologia teórico-prática, os cursos, realizados em parceria com o Instituto de Treinamento em Cadáveres (ITC), contam com a supervisão científica dos médicos Daniel Baumfeld, Gustavo Araújo Nunes e Roberto Zambelli.

De acordo com Daniel Baumfeld, é a primeira vez que um curso de ortopedia é ministrado em Minas Gerais por meio do uso de peças cadavéricas. “A técnica de treinamento cirúrgico em cadáveres é muito comum no exterior, mas pouco difundida no Brasil. O treinamento em peças cadavéricas nos permite maior precisão, revisão de conceitos de anatomia e visualização das veias e artérias da forma muito próxima da realidade nos pacientes”, esclarece.

Segundo ainda o Dr. Daniel, grandes nomes da ortopedia mundial confirmaram suas presenças, como o colombiano Santiago Guerrero e o americano Steve Haddad, no curso de Artroplastia, e os argentinos Javier Del Vechio e Pablo Sotelano, no curso de Cirurgia Minimamente Invasiva. “Graças aos avanços tecnológicos, excelentes profissionais, referências em suas especialidades, poderão ministrar suas palestras virtualmente com a mesma qualidade. Para nós, é uma honra contar com essas participações valiosas e muito enriquecedoras”, completou.

Para Tiago Baumfeld, é importante formar novos cirurgiões para executar técnicas modernas e de alta qualidade. “A artroplastia, ou prótese do tornozelo, possibilita a redução da dor e melhora o padrão de caminhada, bem como possibilita também melhora na manutenção de movimento e na qualidade de vida dos pacientes. Dadas as suas inúmeras e inegáveis vantagens, queremos que a técnica se torne cada vez mais comum no Brasil”.

O procedimento, que já é realizado há muitos anos nos grandes centros da Europa e dos Estados Unidos, chegou a Minas Gerais pelas mãos dos irmãos Baumfeld que, além de pioneiros na técnica, são professores, proprietários da Clínica Vicci, em Belo Horizonte, e ortopedistas do Cruzeiro Esporte Clube (Daniel é superintendente do Departamento Médico e Tiago é supervisor médico).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo