CampanhasÚltimas Matérias

Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular Regional São Paulo realiza Campanha Nacional de Combate à Trombose

A ação contará com a participação de influenciadores digitais.

Com o slogan #CanceleATrombose, a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – Regional São Paulo (SBACV-SP), com o apoio da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular Nacional (SBACV), promove de 11 a 20 de outubro uma ação de cidadania que visa “cancelar” a Trombose e fomentar informação para conscientizar a população sobre os cuidados e formas de prevenção da doença.

A campanha contará com a participação de artistas e jornalistas, entre eles, o jornalista Leão Lobo (@leaolobotv), responsável por repercutir a iniciativa para outros influenciadores digitais. As personalidades divulgarão em suas redes sociais, de forma inusitada e divertida, um post sobre um cancelamento “bombástico” que estará prestes a acontecer, mas que, na verdade, posteriormente, será revelado de forma surpreendente, que se trata de um “cancelamento do bem”, para comunicar a importância de abolir essa doença da vida das pessoas. 

Cirurgiões vasculares também entrarão na ação para esclarecer o tema por meio de vídeos, que serão divulgados nas redes sociais (Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn) da SBACV-SP, com o objetivo de prestar atendimento e informar sobre os fatores de risco da trombose venosa, formas de prevenção e tratamentos.

Como parte da iniciativa, será realizada no dia 17 de outubro, uma performance na Av. Paulista, em frente ao MASP, às 10 horas, com 16 pessoas caracterizadas com fantasias, que remeterão aos trombos, formando o nome da Campanha #CanceleATrombose. Serão distribuídos brindes para o público, que poderá tirar fotos com as placas promocionais da campanha e que depois serão postadas nos stories da SBACV.  A campanha conta com o patrocínio das empresas Bayer, Kendall e Biomm.

Como apoio ao Dia Mundial da Trombose, neste 13 de outubro, o Viaduto do Chá, na região central de São Paulo, receberá uma iluminação especial. Os arcos serão iluminados nas cores azul, que, em livros médicos, representa as veias do corpo humano, e no vermelho, que são as artérias. 

Dados sobre a Trombose – Sua incidência no Brasil é de um a dois casos a cada mil habitantes ao ano, ou seja, até 400 mil casos por ano. De acordo com o presidente da SBACV-SP, Dr. Walter Campos Jr., as veias mais comumente acometidas são as dos membros inferiores (cerca de 90% dos casos).

A Trombose – A Trombose é a formação de coágulos dentro dos vasos sanguíneos, onde o sangue no estado líquido se transforma numa “massa” de células e em outros elementos que podem obstruir parcialmente ou na totalidade os vasos. Os sintomas mais comuns, considerando-se as tromboses venosas de membros inferiores, são dor e inchaço da panturrilha.

Existe a trombose arterial e a trombose venosa. Na trombose arterial há um predomínio de plaquetas que geralmente se instalam sobre uma placa de cálcio ou gordura. Também, a formação de coágulos dentro do coração pode “viajar” na circulação e obstruir uma artéria à distância, processo que chamamos de embolia.

Na trombose venosa, a obstrução de veias secundárias ou principais acomete preferencialmente os membros inferiores. Na maioria das vezes, está associada a fatores de risco. Os coágulos formados nas veias contam com predomínio de células do sangue ligadas a fatores de coagulação. Esses também podem se desprender, totalmente ou em fragmentos, e atingir os pulmões, causando uma embolia pulmonar (EP).

As tromboses venosas profundas (TVP), diferentemente das tromboses arteriais, raramente provocam a perda do membro. No entanto, a trombose venosa pode ser inicialmente silenciosa e a embolia pulmonar pode ser fatal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo