DestaquesÚltimas Matérias

Desafios do universo feminino para as cardiologistas e profissionais de saúde

Cardiologista Lilia Nigro Maia, coordenadora do SOCESP Mulher: “gravamos um vídeo lembrando os enormes desafios que enfrentamos para conciliar as múltiplas atividades assumidas e o nosso posicionamento no mercado de trabalho”

             A Sociedade de Cardiologia do Estado de São PauloSOCESP – tem promovido, desde 2020, ações de valorização das mulheres cardiologistas e profissionais de saúde, atividades e eventos inteiramente voltados para as necessidades femininas. Recentemente, no Dia Internacional da Mulher, as integrantes do SOCESP Mulher gravamos um vídeo lembrando os enormes desafios que enfrentamos para conciliar as múltiplas atividades assumidas e o nosso posicionamento no mercado de trabalho.

O grupo SOCESP Mulher é formado por mim, Lilia Nigro Maia, pela presidente da SOCESP, Ieda Jatene, pelas também cardiologistas Maria Cristina Izar, Salete Nacif, Isa Pispico e pela representante dos Departamentos, a psicóloga e psicanalista Suzana Avezum. Por ser uma entidade multidisciplinar, temos na SOCESP, além de cardiologistas, associadas nas áreas de Educação Física, Enfermagem, Farmacologia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social.

Uma pesquisa feita pela SOCESP com as sócias revelou uma presença feminina em todas as áreas em que a entidade possui regionais. Após a Capital, o maior número de cardiologistas se concentra na região de Campinas, seguido por São José do Rio Preto, ABCDM, Vale do Paraíba, Ribeirão Preto e Santos, Sorocaba, Araras, Bauru, Marília, Jundiaí, Osasco, Presidente Prudente, Araçatuba e Piracicaba, Botucatu e Araraquara, São Carlos e Franca. A Sociedade, apesar de ter atuação no Estado de São Paulo, promove cursos, eventos e congressos com enorme qualidade científica, tanto que 46% das sócias cardiologistas e 17% das associadas profissionais de saúde residem e atuam em praticamente todos os estados do país.

Temos entre os associados 1.151 mulheres cardiologistas, 1.031 acadêmicas de medicina, 305 médicas residentes e 131 médicas de outras especialidades. Além de 249 associadas das áreas de Educação Física, Enfermagem, Farmacologia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social, 255 acadêmicas e 126 residentes de outras áreas da saúde. É um universo de 3.248 sócias.

No ano passado, exibimos uma série de entrevistas no site e nas plataformas da SOCESP, que abordou ao longo de quatro episódios os desafios do universo feminino e de que forma conciliar a vida profissional e pessoal. O programa foi conduzido por cardiologistas e profissionais de saúde, sempre com uma entrevistada e segue disponível para quem quiser assistir (https://socesp.org.br/web-socesp/series/socesp-mulher/). Já estamos preparando a segunda temporada.

            Levantamento da SOCESP revela que as doenças cardiovasculares que, há 60 anos vitimavam nove homens para uma mulher, atualmente estão quase na mesma proporção: um para uma. Precisamos usar de todas as estratégias de comunicação para informar que as mulheres também morrem por infarto, AVC e ficam doentes quando não evitam os fatores de risco para o coração, sem falar nos sintomas do infarto, por exemplo, que no nosso caso, podem ser completamente distintos dos homens. E para isso idealizamos no site voltado para o público informações específicas sobre o Coração Feminino (https://socesp.org.br/publico/coracao-feminino/news/coracao-feminino/). 

            Todo esse amplo contexto mostra que nós mulheres conquistamos em definitivo nosso espaço na sociedade, somos reconhecidas, temos voz e necessidades próprias.

Venha fazer parte do SOCESP Mulher. Entre em contato com a SOCESP e saiba como.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo