Em FocoÚltimas Matérias

Quando procurar um reumatologista?

Dra.  Natália Spolidoro: “quando há dor sem justificação, como pancadas, atividades físicas e mal jeito, é preciso procurar um médico especializado

Tudo bem que muitos de nós tivemos nossas atividades duplicadas durante a pandemia, e, portanto, o cansaço e a dor física podem parecer normal, mas é preciso cuidado na avaliação. Por mais que o senso comum diga que algumas dores são “de rotina” e podem ser resolvidas com analgésicos, não há normalidade em sentir desconfortos, ressalta a Dra. Natália Spolidoro, especialista na Cobra Reumatologia/ São Paulo/SP. Pelo contrário, a dor sem justificação, como pancadas, atividades físicas e mal jeito, é indicativo de que algo não vai bem e é preciso procurar atendimento especializado.

Segundo a médica, dores na articulação, fadiga constante, sensação de rigidez ao acordar e inchaço nas juntas podem ser sinais de doenças reumatológicas sérias, que podem chegar a afetar outros órgãos, como coração, rins e cérebro. Tais sintomas podem se confundir com problemas ortopédicos. Daí, a grande confusão na busca pelo especialista, já que tanto a Ortopedia quanto a Reumatologia lidam com dores e males com impacto nos músculos e ossos, mas apenas os reumatologistas são qualificados para diagnosticar e tratar problemas considerados crônicos, que geralmente se enquadram em patologias como artrite reumatoide, osteoporose, artrose, fibromialgia, espondilite anquilosante, entre outros

Doenças reumatológicas podem afetar pessoas de qualquer idade, desde crianças, adultos jovens e idosos, destaca a Dra. Natália Spolidoro, ao dar algumas dicas sobre quando é melhor procurar por um reumatologista, lembrando, ainda, que diagnósticos precoces ajudam muito na remissão e controle da doença reumática.

Se há dor ou inchaço sem trauma, queda ou torção, orienta a médica: você deve procurar o remautologista. Da mesma forma, quando houver sintomas como vermelhidão, inflamação, rigidez de movimento e dor são crônicos. A fadiga e o mal-estar vão além de apenas um cansaço, principalmente se sentir assim na parte da manhã. Outra coisa importante: se sente fraqueza muscular, mas não é sedentário. Nesses casos, fique alerta, procure um reumatologista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo