Saúde & NegóciosÚltimas Matérias

Saúde & Negócios  /Luiz Francisco Corrêa

Empresas brasileiras na corrida da pesquisa clínica mundial

Em resposta à situação de urgência que todo o mundo estava enfrentando em 2020, os centros de pesquisa e polos científicos de todos os países empenharam-se em estudar e desenvolver medidas para combater os avanços do coronavírus. Se antes demoravam-se anos para a produção de vacinas seguras, em poucos meses alguns países já estavam produzindo imunizantes contra o vírus da Covid-19, graças ao empenho massivo de muitos cientistas, somado ao avanço tecnológico e os altos investimentos realizados nas pesquisas.

Entre esses países, o Brasil se mostrou com potencial de desenvolvimento da vacina, com as pesquisas clínicas sobre a aplicação, distribuição e produção de autoria do Instituto Butantan, que desenvolveu a Coronavac. Em questão de eficácia, a vacina apresentava 50,38% menos chances de uma pessoa contrair a doença. E, ainda que contraísse, havia 78% de chance de não ser necessário qualquer atendimento médico e 100% de certeza de que a enfermidade não iria agravar. 

De acordo Fernando de Rezende, gerente executivo da ABRACRO – Associação Brasileira de Organizações Representativas de Pesquisa Clínica, “isso mostra o grande potencial que o Brasil tem no âmbito da pesquisa clínica, e, porque não dizer que apontamos para uma direção do protagonismo global”!?

A Abracro reúne empresas que prestam serviços em pesquisa clínica e atuam como grandes facilitadoras dos processos burocráticos que envolvem a aprovação e divulgação das pesquisas realizadas no país.

Nesse sentido, “é de grande importância que os entraves que atrasam as aprovações das pesquisas sejam solucionados, uma vez que existe um mercado com grande potencial de exploração”, destaca gerente executivo da ABRACRO.

Fortaleza recebe o primeiro empreendimento Day Hospital do Ceará

A capital do Ceará receberá, em breve, o lançamento do primeiro Day Hospital do Estado. O empreendimento empresarial de saúde oferecerá uma infraestrutura planejada para consultórios, clínicas e centros de diagnósticos das mais diversas especialidades, além de salas comerciais e lojas.

Em parceria com a consultoria especializada em hospitais e medical centers Pro Medical, a concepção do projeto levou três anos para ser finalizada e garantir que todas as modernas necessidades médicas sejam atendidas e em conformidade com a Anvisa. Isto porque o novo empreendimento da Diagonal foi pensado para que todo o ciclo do atendimento seja feito no mesmo local: consultas eletivas ou emergenciais, exames, diagnósticos, tratamentos, medicamentos, produtos e suprimentos sem sair do mesmo complexo, garantindo assim comodidade, conforto e acessibilidade aos pacientes e profissionais de saúde.

O novo corporativo de consultórios foi desenvolvido para se adequar à nova realidade de eficiência e tecnologia em cuidados humanos.

A arquitetura do projeto é do Daniel Arruda, interiores do escritório NLPX, paisagismo do Benedito Abbud e consultoria especializada da ProMedical e de Fernanda Ventura.

Hospital Evangélico de BH procura parceiros para investimentos

A instituição, juntamente com suas nove unidades de atendimento médico, hospitalar e de educação na capital, Contagem e Betim está à procura de parceiros comerciais dispostos a investir R$ 12 milhões nos projetos de melhorias das instalações como, a ampliação de 20 leitos de CTI e bloco cirúrgico, duas iniciativas que visam aumentar a atratividade do grupo filantrópico, sem fins lucrativos, e potencializar a receita dos serviços.

O espaço para as duas obras já está garantido no Hospital, localizado no bairro Serra, em Belo Horizonte/MG, com a criação do novo Centro de Especialidades, que vai funcionar fora dessa unidade.

Segundo o Superintendente Financeiro, Rogério Franco Guimarães, a instituição já negociou o aluguel de um imóvel independente, na região Centro-Sul da capital para esta nova unidade de atendimento que vai facilitar o acesso e garantir maior conforto para os pacientes. A previsão de retorno do aporte é de três anos.

Para este ano, o Hospital Evangélico tem previsão de crescimento entre 30% e 40%, com redução de 5% nos custos operacionais. Em 2021, depois de nove anos, fechou o exercício com faturamento de R$ 191 milhões, incremento de 28% no comparativo com o período anterior, e superavit de R$ 604,452 mil.

Novos investimentos da Atlântica Hospitais e Participações

            Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento e o crescimento sustentável da estrutura médica e de saúde no Brasil, a Atlântica Hospitais e Participações, do Grupo Bradesco Seguros, ingressa no desafio coletivo de ampliar o acesso aos cuidados assistenciais e à saúde privada.

Por meio do investimento em gestão de ativos de saúde e em parceria com outros grupos atuantes no setor, a empresa tem por objetivo entregar uma alta qualidade no serviço assistencial, sempre com foco no paciente.

Em maio, a Atlântica Hospitais apresentou ao setor de saúde seu primeiro empreendimento, fruto de uma parceria estratégica com o Grupo Fleury e a Beneficência Portuguesa de São Paulo, com investimento de R$ 678 milhões, para criar uma empresa especializada em Oncologia.

Hub da Saúde Maxplaza registra crescimento da rede de operações

Próximo de completar dois anos de atividades, o Hub da Saúde Maxplaza celebra um crescimento significativo no número de pacientes e na variedade de serviços e comodidades em sua rede de operações, em Canoas.

Inaugurado em outubro de 2020, com uma proposta inédita no Rio Grande do Sul, o primeiro Hub da Saúde gaúcho possui 64 mil metros quadrados de área construída que contou com um investimento de R$500 milhões para se tornar realidade. Hoje, registra uma média de mais de 17 mil pessoas atendidas por mês, se consolidando como um dos principais centros de saúde e bem-estar da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Segundo nota que o Portal Medicina e Saúde recebeu, o Hub da Saúde Maxplaza contempla todas as especialidades médicas, em uma rede que atua de forma complementar. Hoje, estão ativas 14 operações no local: Moinhos de Vento, DoctorClin, Grupo São Pietro Saúde, Digeclin Endoclin, Osteocore, Laboratório Mont’serrat, DeltaMed, Farmácia Maxxi Econômica, entre outros. 

Além disso, diz a nota, neste mês de julho foi comunicada a chegada do primeiro coworking de saúde do Estado, o DeltaMed Consultórios com Serviços. A partir de uma parceria entre Melnick, Grupo DBC e Claudio Lottenberg, está sendo realizado um investimento de cerca de R$3 milhões para viabilizar um complexo de 29 consultórios, equipados e adaptados para atendimento em diferentes especialidades médicas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo