EventosÚltimas Matérias

Simpósio sobre cuidados paliativos acontece em Uberlândia/MG neste fim de semana para toda comunidade

A importância da equipe multidisciplinar, elaboração do luto, apoio à família e vários outros temas serão tratados no 2º Simpósio de Cuidados Paliativos, promovido pelo Grupo Luta Pela Vida com a Liga Acadêmica de Apoio ao Paciente com Câncer. O evento acontece nesta sexta-feira (9) e sábado (10), no Anfiteatro do Bloco 2A da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), e é uma oportunidade para que toda a comunidade entenda mais sobre os cuidados paliativos e os aspectos que envolvem essa linha de cuidados.

Os cuidados paliativos são os cuidados de saúde ativos e integrais prestados à pessoa com doença grave, progressiva e que ameaça a continuidade à vida. Uma abordagem que visa melhorar a qualidade de vida e bem-estar ao paciente assistido. Com o Simpósio, o propósito do Grupo e da Liga é promover o conhecimento sobre o tema, como destaca o diretor do Grupo Luta Pela Vida e oncologista, Dr. Rogério Araújo. “A nossa proposta é que toda a comunidade possa entender melhor, desmistificar os cuidados paliativos, e saber no detalhe desde como funciona o manejo dos sintomas até como é importante o apoio familiar nestes casos. Serão 9 palestrantes participantes, dentre geriatras e psicólogos, que vivem na prática os cuidados e tem toda a propriedade para debater o assunto. O Simpósio é uma grande oportunidade para profissionais de saúde se capacitarem, e também para aquelas pessoas que sequer lidam com algum familiar ou amigo que passa pelos cuidados paliativos, conhecerem mais sobre essa importante linha de atenção”, comenta Dr. Rogério. 

As palestras acontecem na sexta-feira (09/09), das 17h às 22h e no sábado (10/09), das 9h às 13h. Os participantes que comparecerem nos dois dias de evento receberão um certificado. Confira a programação completa: 

Mais informações e inscrições:

 bit.ly/SIMPOSIOCP22

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo