CampanhasÚltimas Matérias

“Cuidando de você”: campanha da ABRAIDI vai mostrar para a população a importância dos produtos para saúde e o papel do fornecedor

A Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde – ABRAIDI – deflagrou a primeira campanha publicitária de sua história. A ação faz parte das comemorações dos 30 anos da entidade e tem como objetivo mostrar para a população o trabalho que é feito pelo fornecedor de produto para a saúde.

“As pessoas reconhecem e sabem qual é o papel do hospital, do plano de saúde, do médico, do enfermeiro e demais profissionais do setor, na cadeia de saúde, mas desconhecem o universo enorme que são os dispositivos médicos e o trabalho vital que os fornecedores destes produtos realizam”, explica o presidente da ABRAIDI, Sérgio Rocha.

Segundo ele, o Brasil importa cerca de 60% do que consome em produtos para a saúde. Esses produtos chegam em portos e aeroportos, principalmente do sudeste e sul, e depois precisam ser distribuídos para um país continental como Brasil. Aí que entra a campanha. Ela vai mostrar todo esse universo, destaca Sérgio Rocha, ao informar que as empresas, associadas à ABRAIDI, não são responsáveis somente pela venda de um produto, como ocorre em qualquer segmento. Elas precisam, antes da cirurgia, ter toda a questão regulatória resolvida, como os registros sanitários, a importação e armazenagem adequada dos produtos em ambientes estéreis. O mesmo rigor segue no transporte e entrega, após a comercialização.

Segundo recente pesquisa da Associação, o valor total imobilizado em estoque de produtos para a venda no Brasil é da ordem de R$ 13,1 bilhões, em torno de 1,61 vez o faturamento anual das empresas.

“Durante a cirurgia, cabe ao distribuidor do produto para a saúde, no mundo inteiro, entregar apenas os itens que serão utilizados. Porém, no Brasil, existe uma situação atípica em que o distribuidor precisa ainda disponibilizar instrumentais especiais e equipamentos de apoio, como conjunto de motores (serras e perfuradores) para ortopedia ou torres de vídeo cirurgia, apenas para citar dois exemplos”, detalha Sérgio Rocha. E, no pós-cirúrgico, em 35% dos casos, segundo pesquisa feita no estado de São Paulo, o fornecedor ainda precisa realizar a limpeza, desinfecção e esterilização dos materiais cirúrgicos, instrumentais e equipamentos, o que é obrigação sanitária dos hospitais, prevista em norma.

Campanha – “A campanha ‘produtos para a saúde – cuidando de você’ vai mostrar todo esse imenso e pouco conhecido trabalho dos fornecedores. Queremos revelar que aquele marcapasso que faz o coração bater depende do enfermeiro, do médico, hospital, do plano de saúde ou do SUS, mas que chegou até o peito de alguém também pelo trabalho do fabricante, que pesquisou e o desenvolveu, e do importador/distribuidor, que disponibilizou o produto e permitiu que estivesse na hora certa, no lugar certo para salvar vida”, esclarece o diretor executivo da ABRAIDI, Bruno Bezerra.

          A ação foi desenvolvida pela agência Pipoca Digital e irá deflagrar peças estáticas com textos, mas também vídeos explicativos deste contexto. “Durante a pandemia de Covid, os respiradores, tão essenciais para manter as pessoas vivas durante as intubações, são produtos para saúde, assim como cateteres, órteses e parafusos para cirurgias ortopédicas, camas hospitalares e cadeiras de rodas, e milhares e milhares de itens que permitem que as pessoas possam viver mais e melhor”, completa Bezerra.

          Em um primeiro momento, a campanha da ABRAIDI será totalmente digital e focada nas mídias sociais Instagram, Facebook, Linkedin e Twitter, mas a entidade já planeja uma segunda etapa em outras mídias.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo