Medicina & Saúde JovemÚltimas Matérias

Vida de Estudante de Medicina

O que é, como funcionam e quais os benefícios de se dar monitorias acadêmicas

           Nesse primeiro semestre de 2022 tive a oportunidade e o prazer de poder dar monitoria da disciplina de Anatomia Humana. Mas, afinal, o que é e como funciona uma monitoria?

A monitoria é uma atividade acadêmica em que os alunos que já cursaram uma disciplina auxiliam os alunos que não a cursaram ainda, ao longo de um semestre. Esse auxilio é feito por meio do acompanhamento dos professores e estudantes ao longo das aulas, encontros em horários pré determinados pela instituição para sanar eventuais dúvidas, auxílio na elaboração de provas, bem como formulação de materiais que possam ajudar nos estudos.

Cada faculdade possui um processo seletivo próprio para o ingresso em uma monitoria, no meu caso, na FCMMG, o processo de entrada na monitoria de Anatomia Humana foi composto de duas etapas: a primeira, pela nota obtida na disciplina. A segunda, por uma prova prática. Para que pudesse cumprir com a carga horária necessária desta atividade extracurricular, minhas atribuições eram assistir uma aula da disciplina por semana e tirar dúvidas dos alunos aos sábados.

Participar de uma monitoria possui inúmeros benefícios, tanto no aspecto curricular como pessoal e social. Do ponto de vista acadêmico, a monitoria agrega horas complementares, pontuação no PSU (Processo Seletivo Unificado/para residência) e aprimora o seu conhecimento da disciplina, tendo em vista que é necessário estudá-la novamente. Já do ponto de vista pessoal e social, a monitoria te faz criar certas habilidades comunicativas, pois é necessário que você, monitor, transmita seu conhecimento para terceiros, de modo claro e objetivo, além de ampliar o seu círculo social e rede de contatos, pois se conhece diversas pessoas ao longo do processo, tanto alunos como professores e funcionários da instituição.

Dar monitoria foi uma experiência bastante gratificante. Ao longo desse período, reforcei meus conhecimentos de anatomia, conheci pessoas novas, fiz amizades e aprimorei o meu currículo. Recomendo a todos que participem de uma monitoria ao longo da jornada.

A importância da vida fora da faculdade

A faculdade de medicina, assim como qualquer outra, exige bastante dedicação por parte do acadêmico. Noites mal dormidas, estudos prolongados, provas e trabalhos acabam se tornando parte da rotina do estudante, o que faz com que muitas vezes o lazer e o descanso sejam colocados de lado. Entretanto, momentos de descontração são extremamente necessários, principalmente para a nossa saúde mental, tendo em vista o recente aumento dos casos de “Burnout”, especialmente dentro da área da saúde. Devemos, portanto, conciliar nossos estudos com atividades físicas prazerosas, viagens, sair com os amigos ou até mesmo um hobby pessoal. Dessa forma, conseguimos levar a faculdade e os estudos com mais leveza acadêmica.

*Wagner Scalabrini Neto é aluno do 6º. Período do curso de Medicina Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais/FCMMG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo