Em FocoÚltimas Matérias

A arte – em todas as suas manifestações, renovando nossa saúde, em tempo de confinamento!

Por Lucio Teixeira Carvalho

Jornalista | Um dos organizadores do FELIT- Festival de Literatura de São João del-Rei

Sócio-diretor da Via Comunicação | Membro da equipe editorial do portal Medicina e Saúde

Em 2020, o mundo se viu diante do fantasma de um vírus que confinou todos em suas residências, assustados diante de uma pandemia que ceifava vidas. Muitos foram impedidos de trabalhar, de circular, de se socializar. Em um piscar de olhos, a vida se trancou em quatro paredes, obrigando todos a se adaptarem a um novo comportamento.

Durante a pandemia, que atravessou o ano e continua a nos assombrar, até Deus sabe quando, as pessoas vêm descobrindo a importância da família, da amizade, da solidariedade e valorizando um aspecto da vida que sempre foi colocado em segundo plano nas decisões governamentais: a cultura. Neste grave momento, ela tem sido um santo remédio no alívio e superação dos danos emocionais e psicológicos que o longo período de confinamento tem causado a muitas pessoas.

Durante todo esse tempo, a arte – em toda a sua forma de manifestação, ganhou lugar de destaque nos nossos lares, seja através da programação televisiva aberta ou não, e através das mídias digitais que disponibilizaram, gratuitamente, shows, espetáculos teatrais e sinfônicos, filmes e livros, produzidos, encenados e escritos por esses valorosos trabalhadores da cultura no Brasil e em todo o mundo.

Se não fosse a arte, com certeza, um mal maior estaria nos assolando nesse momento de pandemia. Um bom filme, um espetáculo musical e/ou uma apresentação teatral têm alimentado nossa alma.

Além do caráter de entretenimento, a arte (e toda a sua forma de manifestação) nos dá o verdadeiro sentido de “ser”, ao nos elevar a um patamar sensorial que nos coloca em contato com algo maior, em determinados momentos, até mesmo espiritual. Ela renova a importância da vida e nos dá esperança. Nesse particular a literatura produz um novo olhar sobre o mundo e as coisas ao nos levar a vivenciar histórias e emoções através de suas narrativas em prosa e em versos.

Em tempo de pandemia, sugiro a você ler um bom livro, assistir um musical, um filme, um teatro. Hoje, no mundo digital, você pode acessar todas as artes e superar o medo, o pânico, a angústia, a tristeza, a depressão causada pelo confinamento, ao vivenciar cada emoção daquela história que está lendo ou assistindo.

Lembre-se: o show não acabou. Apenas foi adiado. O grande lance da arte é nos levar a ser protagonistas da nossa própria arte, nos conduzindo, assim, à participação e à cidadania. E isso é um ótimo remédio para esse difícil momento que passamos, não é mesmo? Assim, use e abuse da arte. Ela promove saúde!

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo